Grêmio estuda mandar jogos do Brasileirão em Santa Catarina e no Paraná

Criciúma, Chapecó e Cascavel estão no radar Tricolor

Foto: Lucas Uebel

Grêmio está a caminho de Santa Catrina. O Tricolor informou nesta terça-feira (30) que a partir da próxima sexta (3) viajará para o sul do Estado vizinho e utilizará a estrutura do Criciúma para treinamentos. Afinal, lá é possível realizar trabalhos técnicos e coletivos, que no Rio Grande do Sul são vetados por decreto. Por isso, com o Brasileirão com data prevista para retorno nos dias 8 e 9 de agosto, a direção cogita, inclusive, mandar jogos fora do RS.

A previsão inicial é de que os gaúchos fiquem de 7 a 10 dias em Criciúma. Afinal, as bandeiras e protocolos de prevenção em Porto Alegre não devem regredir até lá. Entretanto, o Tricolor não planeja regredir em treinamentos. O grupo realiza há oito semanas trabalhos físicos no CT Luiz Carvalho e acredita-se internamente que esta é uma etapa superada.

Publicidade

Por isso, Renato Portaluppi retornará do Rio de Janeiro e irá começar a comandar trabalhos técnicos e táticos a partir da semana que vem em solo catarinense. Se os protocolos de distanciamento se mantiverem na capital gaúcha, a estadia fora de Porto Alegre deve se prolongar.

A direção já traçou um planejamento caso este período longe de casa se estenda. Ou seja, se o Brasileirão retornar antes do Gauchão, o Tricolor pode e já estuda mandar jogos fora de casa. Pelo menos três estádios estão no plano gremista: Arena Condá, em Chapecó, Heriberto Hülse, em Criciúma, e Olímpico Regional, em Cascavel. 

Por: Gaúcha ZH

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui